Be a Rebel!

Fazer um esporte como roller derby não é pra qualquer um, mas ao mesmo tempo, é pra qualquer um!

Vamos explicar melhor… Roller derby é um esporte de contato, assim como basquete, rugby, futebol… Não dá pra achar o visual irado e ter medo de se jogar quando estiver na track!

As Rebels acreditam muito no ESPORTE roller derby. Somos atletas amadoras (por enquanto), mas que estão sempre trabalhando duro durante os treinos e fora deles para que o melhor de cada uma esteja presente a todo momento. Proporcionar força física e mental é um de nossos objetivos quando você se torna uma Rebel, e é preciso muito mais do que gostar de meias coloridas e do visual roller derby: é preciso comprometimento, suor, determinação, se forçar além do seu limite a todo momento.

Pode perguntar a qualquer Rebel: pra fazer roller derby, tem que suar. Tem que ter força, tem que ter vontade, tem que ter coragem. Tem que ser mulher.

E aí vem a parte de que pode ser qualquer um. Pode ser baixinha, alta, magra, gordinha, barriguda, sarada, com a bunda grande, pequena, peitão, peitinho… Porque quando você entra pra nossa liga, você vai aprender a usar o seu corpo do melhor jeito que você pode. Você tem bunda grande? Pode se tornar uma ótima blocker, mas também pode ser uma jammer sensacional! É magra e pequena? Vamos te ensinar a ser o mais ágil possível pra poder passar em qualquer buraco.

Não há uma posição pré-determinada no roller derby só porque você tem certo tipo físico, e a nossa coach vai te ajudar a se encontrar no esporte mais irado do mundo, ao mesmo tempo em que você vai entrar em forma, ter o melhor condicionamento físico que já teve e fazer muitos amigos.

E aí, ainda não quer ser uma Rebel? A gente espera você estar pronta. 😉

Ficou muito afim? Manda um email pra gente no graycityrebels@gmail.com. Adiciona nossa página no Facebook. Segue a gente no twitter. Uma hora você se apaixona.

Copa do Mundo de… Roller Derby!

Quando se mora no Brasil e alguém fala sobre Copa do Mundo, a primeira coisa que pensamos é em… futebol! Mas não! Pelo menos entre as Rebels, o assunto do momento é a Copa do Mundo de Roller Derby, que acontecerá entre os dias 1 e 4 de dezembro deste ano em Toronto, no Canadá.

Apesar de morarmos em um país que não tem história nem cultura nenhuma de roller derby, as brasileiras estão se juntando e formando um time para representar o Brasil nesta 1a Copa do Mundo. Para nós, esta parece uma grande oportunidade de termos contato real com milhares de coisas “derby-related”: refs de verdade (já que no Brasil não temos nenhum Ref treinado para isso), bouts de verdade, times formados por jogadoras profissionais, estrutura adequada ao esporte e, principalmente: a oportunidade de jogar um bout oficial, provavelmente com todas as jogadoras sendo mandadas ao penalty box e sem saber direito por quê. 😉

As meninas que fazem parte de alguma liga daqui do Brasil passarão por um try-out na semana que vem, dias 16 e 17 de julho, em que jogarão juntas e poderão mostrar o que tem aprendido durante seus treinos. Há ainda muitas dificuldades, já que, mesmo formando-se um time, o Team Brasil (como está sendo chamada a nossa seleção) não conta com patrocínio e as jogadoras terão que bancar suas passagens e estadia até Toronto, Canadá, onde será o campeonato. Para algumas jogadoras, o trabalho também serve de empecilho e, por não ser um esporte reconhecido, elas terão que deixar esta oportunidade de lado por não conseguir uma licença ou férias no mesmo período do campeonato.

Apesar de todos os obstáculos, acreditamos que a ida a Copa do Mundo será de extrema importância para o esporte no Brasil, e que, ao entrarmos “em campo”, uma sensação de que também pertencemos a este esporte tomará conta de nossas jogadoras, e que, ao voltarmos, mesmo sabendo de todas as dificuldades que passamos e ainda iremos passar, estamos fazendo parte de um momento histórico: construir roller derby no nosso país. Como verdadeiras pioneiras.